26 de February de 2024

Sua Revista Eletrônica de Qualidade

MAIS SEGURANÇA: GOVERNO AUMENTA NÚMERO DE POLICIAIS NO CENTRO DE SÃO PAULO

2 min read

Medida acontece em meio a operação que está prendendo fornecedores de drogas na cracolândia

A polícia militar de São Paulo está tendo bastante trabalho nos primeiros meses da gestão Tarcísio de Freitas. Diversas operações estão acontecendo diariamente e de forma simultânea, mostrando que a segurança pública será um dos principais pontos ideológicos do governador Bolsonarista. O ataque firme à cracolândia e a Operação Escudo, que já prendeu centenas de traficantes no Guarujá, têm sido os carros chefes do novo mandatário.
CENTRO SEGURO – Apesar das polêmicas, a população que trabalha no centro de São Paulo se sente mais aliviada com a nova medida e a quantidade de policiais que se colocam nas principais esquinas do perigoso local. É possível ver que próximo à Avenida São João, famoso local de assaltos nas noites paulistanas, diversas viaturas policiais ficam estacionadas, aumentando a sensação de segurança. Uma espécie de prevenção ao crime. O mesmo ocorre próximo ao Teatro Municipal e na Avenida Martins Fontes, na esquina com a Consolação, onde era basicamente o local mais perigoso do centro.

AS AÇÕES – Conforme apurado por nossa reportagem, o intuito do governo do Estado é “zerar” os assaltos nas regiões mais próximas ao centro, onde se tem um grande fluxo de trabalho e as pessoas correm risco todos os dias. Com isso, já foi possível sentir a diferença de perspectiva de alguns trabalhadores.

Nossa equipe presenciou o momento em que um jovem se aproxima da viatura e agradece aos policiais. ” Queria agradecer a vocês. Foi o primeiro fim de semana em que pude trabalhar sem correr risco. Já perdi três celulares aqui no centro. Tomara que a operação continue”, disse o jovem recepcionista de 30 anos.

O QUE DIZ O GOVERNO = O secretário Guilherme Derrite afirmou que o governo pretende montar um batalhão exclusivo para o centro da cidade, que teria a responsabilidade de cuidar do local e acabar com a cracolândia,já que essa foi uma promessa de campanha de Tarcísio de Freitas. Em meio às pressões geradas pelas mortes no Guarujá, aparentemente o estado não está esquecendo de cuidar de um ponto tão importante da cidade. O batalhão seria a fim de patrulhamento ostensivo e de cuidado na região. Até agora, mais de 30 pessoas já foram presas acusadas de fornecer drogas na região central de São Paulo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *