9 de February de 2023

Sua Revista Eletrônica de Qualidade

Cuidados com a Dengue: “o que saber para evitar a doença”

3 min read

Revista Ação Brasil / Dezembro de 2022

O verão vem chegando e com ele as chuvas. Eventualmente, esse é o melhor momento para começar a tomar os devidos cuidados com a Dengue!
Em primeiro lugar, é preciso saber que o principal meio de transmissão é por meio da picada de mosquitos Aedes – os mesmos responsáveis pela transmissão da chikungunya, febre
amarela e Zika.

Daí vem a importância de toda atenção, uma vez que os mosquitos Aedes se proliferam na água armazenada. Portanto, os principais focos de água parada, como frascos plásticos, galões, pneus, vasos de plantas, recipientes de todos os tamanhos como tampinhas de garrafa ou mesmo sacolas plásticas,
são o ambiente perfeito para a fêmea depositar seus ovos.


CUIDADOS COM A DENGUE: COMO EVITAR CONTAMINAÇÃO?
Antes de mais nada: os primeiros cuidados que devemos ter para reduzir os locais de proliferação do mosquito e evitar a Dengue são: – tampar lixeiras; – tampar tonéis e caixas d’água; – manter as calhas sempre limpas; – limpar ralos e colocar telas; – deixar garrafas e recipientes com a boca para baixo; – preencher os pratos de vasos de plantas com areia; – manter lonas para materiais de construção e piscinas sempre esticadas para não acumular água.

O QUE CAUSA A DENGUE?
De acordo com a organização Médico sem Fronteiras: A dengue é causada por um arbovírus (vírus transmitido por artrópodes) que se apresenta em quatro tipos diferentes: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4. Atualmente os quatro sorotipos circulam no Brasil intercalando-se com a ocorrência de epidemias, geralmente associadas com a introdução de novos sorotipos em áreas anteriormente não atingidas ou alteração do sorotipo predominante.

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA DENGUE?
Nesse sentido, os sintomas mais comuns da Dengue são: Febre alta > 38.5ºC – Dores musculares intensas – Dor ao movimentar os olhos – Mal estar – Falta de apetite – Dor de cabeça – Manchas vermelhas no corpo

COMO DIAGNOSTICAR A DENGUE?
O diagnóstico é realizado através de exames de sangue, notando a presença de anticorpos contra o vírus no sangue.
Contudo, o exame não especifica o tipo de vírus que é responsável pela infecção. Mas já existem métodos de biologia molecular mais elaborados que podem ser utilizados para detectar as proteínas do vírus.

QUAL O TRATAMENTO E CUIDADOS COM A DENGUE QUANDO UMA PESSOA ESTÁ INFECTADA?
Se a pessoa apresentar os sintomas mais comuns, será preciso procurar tratamento médico. Assim será possível confirmar o diagnóstico e estabelecer rotinas para acompanhar a doença em relação à possibilidade de aumentar a gravidade. Além disso, no tratamento estão incluídos medicamentos e muita hidratação oral (água, soro caseiro, água de coco) ou, dependendo da gravidade, por via venosa. Tudo isso sempre com orientação médica.

CUIDADOS COM A DENGUE: COMO PREVENIR?
Os principais cuidados com a Dengue para se prevenir é combater os focos de acúmulo de água. Em outras palavras, é preciso evitar ao máximo o acúmulo de água parada nos mais diversos tipos de recipientes. E atenção: é o mosquito transmite a doença. Logo, dificilmente percebemos quando acontece a transmissão. Juntamente, outro fator que pode ajudar na prevenção é o uso de repelentes, mas sem nenhuma comprovação científica da eficácia nos cuidados contra a Dengue.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *