Supremo retoma julgamento de validade da delação da JBS

suplemo
O Supremo Tribunal Federal (STF) retomará nesta quarta-feira (28) o julgamento da validade das delações de executivos da JBS fechados no âmbito da Operação Lava Jato. Segundo informações do portal G1, sete ministros votaram na semana passada para manter a homologação da delação pelo relator da Lava Jato na Corte. Nesta quarta, devem votar Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Cármen Lúcia. Os magistrados discutirão uma questão de ordem sobre o assunto suscitada por Fachin – ele perguntou sobre a possibilidade de revisar os benefícios de forma individual pelo relator, quando o acordo de delação premiada chega ao Judiciário para validação. Benefícios como os que foram obtidos pelos sócios da JBS, Joesley e Wesley Batista, têm sido criticados por juristas e políticos. O entendimento da maioria do STF é de que a revisão dos benefícios pode acontecer, mas somente ao final do processo, caso os ministros considerem que os delatores não cumpriram com o combinado no acordo e se o que contaram não foi eficaz para investigação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *