Professor baiano é eleito membro da Academia Britânica

culto2
O professor baiano Paulo Fernando de Moraes Farias foi um dos 66 nomeados nesta quinta-feira (20) como membro da Academia Britânica, órgão nacional do Reino Unido para as ciências humanas e sociais. Moraes faz parte do Departamento de Estudos Africanos e Antropologia da Universidade de Birmingham e trabalha com fontes epigráficas, ou seja, inscrições antigas em epígrafes, da história medieval da África Ocidental. Radicado na Inglaterra, o professor baiano já ganhou o Prêmio Paul Hair em 2005 ,conferido pela Associação de Estudos Africanos dos EUA, em conjunto com a Associação para a Preservação e Publicação do Histórico Africano Fontes, por conta de seu trabalho sobre inscrições medievais árabes no Mali. Os novos bolsistas deste ano são especialistas em temas que vão desde a teoria feminista à filosofia indiana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *