Produção de petróleo em março cai 6,2%, para menor nível desde 2014

Em março, produção de petróleo alcançou 2,264 milhões de barris por dia.
Em relação ao mês de fevereiro, a queda foi de 3%.

A produção de petróleo no Brasil em março alcançou 2,264 milhões de barris por dia (bbl/d), o que representa uma queda de 6,2% na comparação com março de 2015, segundo dados divulgados nesta sexta-feira pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Em relação ao mês de fevereiro, a queda foi de 3%.

Trata-se da 3ª queda mensal consecutiva da produção de petróleo e pior patamar desde junho de 2014, quando a produção somou 2,246 milhões de (bbl/d).
Já produção de gás natural totalizou 90,4 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d) em março, uma redução de 5,5 % na comparação com o mesmo mês em 2015 e de 7,5% frente ao mês anterior.

A produção do pré-sal foi de 883,8 mil barris de petróleo por dia (bbl/d) de petróleo e 35 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d) de gás natural, totalizando 1,104 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), um aumento de 1,2% em relação ao mês anterior.

Campos produtores

Os campos marítimos produziram 93,2% do petróleo e 75,9% do gás natural. A produção ocorreu em 8.921 poços, sendo 776 marítimos e 8.165 terrestres. Os campos operados pela Petrobras responderam por 94,3% do petróleo e gás natural produzidos.
O campo de Lula, na Bacia de Santos, foi o maior produtor de petróleo e gás natural, produzindo, em média, 426,4 mil bbl/d de petróleo e 20,3 milhões de m³/d de gás natural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *