Perueiro escolar protesta contra Doria

SP - VANS/PROTESTO - GERAL - Grupo de vans escolares fazem uma manifestação na Praça Charles Miller, em frente ao Estádio do Pacaembu na zona oeste de São Paulo, na manhã desta terça-feira (11). Eles afirmam que a Prefeitura de São Paulo atrasou os pagamentos de abril e maio e reclamam ainda de falta de repasses em relação a parte das crianças transportadas em março e que acabaram excluídas depois do serviço contratado pela administração municipal. 11/07/2017 - Foto: ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Motoristas do TEG (Transporte Escolar Gratuito) realizaram um protesto ontem por vias da capital devido à falta de pagamento referente aos meses de abril e maio pela gestão João Doria (PSDB).
Vários grupos se deslocaram de bairros distintos da cidade e se concentraram por volta das 7h na praça Charles Miller, em frente ao estádio do Pacaembu, na zona oeste. De lá, os perueiros seguiram até a prefeitura, no viaduto do Chá (centro), local em que realizaram uma série de discursos e exibiram faixas contra Doria.
Cerca de 70 mil crianças são transportadas pelos perueiros.
A ação não acarretou em prejuízo aos alunos, já que a rede municipal está em recesso escolar.
Em nota, a prefeitura informou que, “para que se efetue o pagamento do transporte escolar, é necessário que a criança esteja registrada no sistema de atendimento”. Segundo a administração municipal, “algumas crianças estavam sendo transportadas sem inscrição”, o que teria levado a uma auditoria e acarretado atraso no pagamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *