Algumas peças em cartaz em SP

A Chapeuzinho Vermelho – Pitty Webo

Esta encenação é salpicada de assuntos comuns ao universo infantil contemporâneo. O lobo sofre bullying e ainda na escola ganha o apelido de “Lobo Mau” e desde então começa a agir como tal. Chapeuzinho, a heroína travessa que vai pela estrada errada, percebe que não agiu certo ao desobedecer a sua mãe e se arrepende. A vovó, que na versão dos irmãos Grimm é devorada pelo Lobo, usa sua esperteza e consegue fugir. O resultado da adaptação fica divertido e além de tudo educativo. De 17/5 a 26/6/2016.

Ficha técnica

Direção: Pitty Webo

Duração: 50 minutos

Recomendação: Livre

Teatro União Cultural
Rua Mário Amaral, 209 – Paraíso – São Paulo – SP – Tel.: (11) 2148-2923

Domingo, às 16h. Bilheteria: de quinta a domingo das 14h às 21h.
Estacionamento: R$ 20,00.

Ingresso (inteira): R$ 40,00

Ingresso (meia): R$ 20,00

Jogo Aberto

Resenha por Dirceu Alves Jr.

Escrita pelo dramaturgo americano Jeff Gould, a comédia traz assuntos de fazem parte do cotidiano de grande parte dos mortais. Amizade, amor, bebida e sexo, não necessariamente nessa ordem, motivam os personagens da montagem dirigida por Isser Korik e, inevitavelmente, geram identificação na plateia. No palco, três casais de amigos marcam um jantar, como tantos outros que já fizeram, para tomar uns drinques e bater papo. Só que todo mundo está bem à flor da pele e, naquele dia, nada pareceu dar certo. Ricardo Tozzi interpreta um executivo flagrado numa traição, poucas horas antes, pela sua mulher (personagem de Guta Ruiz). Tania Khalill é uma massagista resistente aos avanços do marido insaciável (vivido por Alex Gruli). Por fim, Natallia Rodrigues representa uma advogada controladora casada com um profissional da informática (papel de Pedro Henrique Moutinho), tenso e irritado com a parceira. O álcool começa a subir para a cabeça e, de repente, um deles sugere uma troca de casais. O texto caminha para uma interessante leitura dos relacionamentos e transforma a questão sexual em uma mera virada dramática para fortalecer o conflito. Duas atrizes – Guta Ruiz e Natallia Rodrigues – se sobressaem no time, que se mostra à vontade e só derrapa nos momentos em que busca o riso fácil. Como um bom programa, a peça revela um retrato leve e divertido da vida a dois nos dias atuais. Estreou em 6/5/2016. Até 31/7/2016.

Ficha técnica

Direção: Isser Korik

Duração: 90 minutos

Recomendação: 14 anos

Teatro Folha
Avenida Higienópolis, 618 (Shopping Pátio Higienópolis) – Consolação – São Paulo – SP – Tel.: (11) 3823-2323
Boca Rosa – A Peça
Bianca, uma das blogueiras mais acessadas da atualidade, é convidada para fazer uma peça sobre sua vida. Ansiosa com a novidade, ela compartilha a informação com todos os seus fãs nas redes sociais. Porém, tamanha é sua surpresa ao perceber que a data de estreia se aproxima e o texto ainda não está pronto. Com a ajuda da pesquisadora Betina, de sua mãe Mônica e do namorado Nando, Bianca inicia uma viagem divertida e emocionada para colocar no palco todas as histórias que a transformaram na BOCA ROSA. De 21/5/2016. Até 26/6/2016.
Ficha técnicaDireção: Afra Gomes e Leandro Goulart

Duração: 90 minutos

Recomendação: Livre

Teatro Shopping Frei Caneca
Rua Frei Caneca, 569 7º andar do Shopping Frei Caneca – Consolação – São Paulo – SP – Tel.: (11) 3472-2226

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *