Algumas das peças em cartaz esta semana

A Bela e a Fera – Teatro das Artes SP

Nome Original- A Bela e a Fera
Dirigido por –Andresa Gavioli, Mauro Pucca
Elenco- Andresa Gavioli, Mauro Pucca, Aguiberto Santos, Erika Farias, Fernanda Gavioli, Guilherme Costenaro, Maritta Cury, Zé Alberto Martins e Wellington Firmino.

Sinopse: Em uma pequena aldeia da França, Bela, uma jovem inteligente e sonhadora é considerada estranha por todos, e seu pai Maurice, um inventor que é visto como um louco. Ela é cortejada por Gaston, o bonitão da aldeia que quer casar com ela. Mas apesar de todas as jovens da aldeia o achar um homem bonito, Bela não o aceita, pois vê nele uma pessoa exibida e arrogante. Quando o pai de Bela vai para o concurso de Lyon demonstrar sua nova invenção, ele acaba se perdendo na floresta e é atacado por lobos. Desesperado, Maurice procura abrigo em um castelo, mas acaba se tornando prisioneiro da Fera, o senhor do castelo, que na verdade é um príncipe que foi amaldiçoado por uma feiticeira quando negou abrigo a ela. Quando Bela sente que algo aconteceu ao seu pai vai à sua procura. Ela chega ao castelo e lá faz um acordo com a Fera: se seu pai fosse libertado ela ficaria no castelo para sempre.

SÁB 4/6 – 16:00
DOM 5/6- 16:00

Wicked- Musical

Clássico da literatura infantil, O Mágico de Oz instigou o escritor americano Gregory Maguire a criar outra história ambientada na Terra de Oz, que se passa muito antes de Dorothy entrar em cena. Escrito em 1995, Wicked tornou-se um best-seller e virou um musical da Broadway visto por 48 milhões de pessoas antes de estrear por aqui. Fabi Bang interpreta a linda, rica, engraçada e envolvente Glinda, enquanto Myra Ruiz faz a esquisita Elphaba, que nasceu com a pele verde-esmeralda. A amizade da dupla, com direito a rivalidades, desencontros e muitos mal-entendidos por causa do amor do jovem Fiyero (André Loddi e Jonatas Faro revezam-se no papel), conduz a narrativa que termina por desvendar como uma se transforma em bruxa má e a outra em bruxa boazinha, amada pelos habitantes da Cidade das Esmeraldas. Depois de quase três horas de espetáculo, é difícil dizer o que impressiona mais. Os cenários e figurinos são impecáveis, o elenco formado por 34 atores que cantam e dançam (assim como os catorze músicos regidos pela mestrina Vânia Pajares) está afinadíssimo e as músicas não perderam sua graça ao ser vertidas para o português. Mas não há como negar: do início ao fim, os olhos e ouvidos da plateia estão entregues às protagonistas. Cheias de personalidade, e cada qual a seu modo, elas soltam a voz e fazem por merecer os papéis e os aplausos que recebem no fim de toda cena. Recomendado a partir de 6 anos. Estreou em 4/3/2016. Até 31/7/2016.

Direção: Lisa Leguillou

Duração: 180 minutos

Teatro Renault- Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 411 – Bela Vista – São Paulo – SP – Tel.: (11) 4003-5588
Quinta e sexta, 21h; sábado, 16h e 21h; domingo, 15h e 20h. Bilheteria: a partir das 12h (quinta a domingo).

Ingressos: R$ 50,00 a R$ 280,00.

FORA DO NORMAL

O solo de stand up do humorista Fábio Porchat traz ao palco observações bem humoradas sobre situações do dia a dia. Na peça, o comediante se apresenta sem cenário, sem figurino, sem trilha sonora e sem piadas conhecidas. O repertório retrata o cotidiano e por isso faz com que o público dê risada ao se identificar com as piadas.

Quando: Sextas e sábados, às 23h | Domingos, às 21h – até 30 de novembro
Onde: Teatro Shopping Frei Caneca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *