Inspirada nos cinemas antigos, Drive-in é a nova sala da Caixa Belas Artes em SP

Prepare o estômago e o coração, porque São Paulo acaba de ganhar uma sala de cinema temática inspirada nas décadas passadas.

O Drive-in é, como diz o nome, um lugar diferente para ver e rever aquele filme cult que você tanto adora, sentado em bancos de carros antigos restaurados, com direito a drink na mão e comidinhas preparadas na cozinha da própria sala. Inaugurada na quinta-feira (16) no Caixa Belas Artes.

O Belas Artes é por si só um cinema cheio de história, trancos e barrancos. Inaugurado em 1943 como Cine Ritz e batizado do atual nome em 1967, fez a alegria de muitos paulistanos e resistiu a ditadura exibindo filmes de Herzog, Glauber Rocha e Ruy Guerra. Em 1982 foi tomado por um grande incêndio e nos anos 1990 entrou em decadência. Depois de não renovarem mais o patrocínio, fechou as portas em 2011 e o público não só lamentou como lutou pela reabertura deste pólo cultural tão importante.

Reaberto em 2014, segue firme e forte na programação de filmes atuais interessantes e mais cabeçudos, além de realizar corujões madrugada adentro esporadicamente. Já a sala Drive-in é totalmente retrô, até mesmo na programação, que vai relembrar sucessos já passados, como ‘O Fabuloso Destino se Amélie Poulain’ e também dar espaço a lançamentos. A experiência fica completa com o fast-food da casa, completando o combo bons filmes, boa gastronomia e aconchego.

Encabeçado pelo empresário Facundo Guerra, do Grupo Vegas, ele explica  que a ideia é realmente se desligar do automóvel. “O Belas Artes sempre esteve associado ao Riviera (bar logo em frente), onde as pessoas iam tomar drinks após os filmes. Junto com o André Sturm (da curadoria), pensamos em unir as duas coisas e resultou no Drive-in, que é uma brincadeira desse fetiche pelo carro que o paulistano tem e que vem mudando nos últimos anos”. A pessoa estaciona seu corpo no banco do veículo, essa é a ideia.

A equipe é formada pela chef Mariana Gilbertoni (do Z Carniceria) e o bartender Kennedy Nascimento, que acompanhamos durante a competição World Class em 2015. Entre as delícias a serem pedidas ao longo do filme, cachorro-quente com linguiça caseira e mostarda de tucupi (R$ 22) e hambúrguer com picles de maxixe, queijo raclette, tomate e bacon (R$ 25) e até Mac & Cheese, macarrão com queijo, bacon e farofa de pão (R$ 25), na cumbuca.

A comilança pode ser acompanhada de Budweiser (que patrocina a sala) – e que realizará diversas ativações no local, como sessões temáticas e cardápio com Bud&Burgers – ou pelos drinks originais. Inspirados em clássicos cinematográficos, surgem opções como o Drive-In Highball, bourbon com infusão de manteiga e refrigerante de cola, servido no meio de uma porção de pipoca, de onde surge o canudo. Todos os coquetéis saem por R$ 25. A abertura oficial é nessa sexta-feira, 17 de junho, com ingressos a R$ 20 no primeiro mês e R$ 30 nos próximos. Separe seu look Pin-Up e divirta-se!

*obs: essa muvuca toda é por conta da inauguração, tá?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *