Grand Prix: Brasil devolve derrota à Sérvia, no Japão

siria
O troco veio rápido. Após ser derrotada pela Sérvia por 3 sets a 0 na semana passada, a seleção brasileira feminina de vôlei devolveu o placar na madrugada desta sexta (14), em Sendai, no Japão, pela edição 2017 do Grand Prix. As parciais foram de 26/24, 25/17 e 25/22, em cerca de 1h30 de jogo. Natália foi o grande destaque do jogo com 16 pontos marcados. “Jogamos mais concentradas e nos preparamos mais para esse jogo. Um fundamento que melhoramos em ralação a outra partida foi o bloqueio. Quando passamos a bloquear o jogo ficou diferente. A nossa atitude foi outra e entramos em quadra mais agressivas e isso foi fundamental para ganharmos esse jogo por 3 sets a 0”, afirmou a ponteira, capitão da seleção. Outra jogadora fundamental para o triunfo brasileiro foi Adenízia, que marcou sete dos 14 pontos de bloqueio das comandadas de José Roberto Guimarães. “Foi uma partida muito importante para nosso grupo. Ficamos chateadas depois da derrota por 3 sets a 0 na semana passada para a Sérvia e queríamos muito ter uma atuação melhor como a de hoje. Mostramos o potencial desse time. Jogamos como um grupo e isso foi determinante para o resultado final”, acredita a central. Na madrugada de sábado (15), às 5h10, as brasileiras encaram a Tailândia e, às 1h10 de sábado (15) para domingo (16), o rival será o Japão. A fase de classificação do Grand Prix vai até o dia 27. A fase final, que acontece entre 2 e 6 de agosto, em Nanjing, na China, com as cinco melhores seleções da fase inicial e as donas da casa. Atual campeão, o Brasil é o país com mais títulos na competição, com 12.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *