Governo começa a pagar abono do PIS/Pasep de 2017

 

pis

O governo começa nesta quinta-feira (27) a liberar a grana do abono salarial do Pis/Pasep. Trabalhadores que receberam até 2 salários-mínimos por mês, em média, em 2016, e que nasceram em julho, já podem ir até a Caixa para pegar o dinheiro.

O calendário segue conforme o mês de aniversário do trabalhador. O prazo para pegar a grana segue até 29 de junho do ano que vem.

Segundo a Caixa Econômica Federal, R$ 1,3 bilhão serão liberados para 1,8 milhões de trabalhadores. Ao todo, 22,1 milhões têm direito ao abono referente a 2016.

O valor do benefício vai depender de quanto tempo a pessoa trabalhou com carteira assinada em 2016, o ano base. Se ela trabalhou durante os 12 meses, vai receber o valor integral do benefício, que é de um salário mínimo (R$937). Se trabalhou por apenas um mês vai receber o equivalente a 1/12 do salário-mínimo, o que significa R$ 79, conforme a tabela ao lado.

É possível consultar se você tem direito ao benefício pelo site www.caixa.gov.br. Basta digitar o número do cartão do cidadão e a senha. O trabalhador que não tiver o cartão pode fazer a consulta pelo 158, informando o número do PIS.

O trabalhador que possuir Cartão Cidadão e senha cadastrada pode pegar a grana do PIS em caixas eletrônicos da Caixa e lotéricas. Caso não tenha o cartão, a orientação é se dirigir a qualquer agência da Caixa com documento de identificação.

Já o servidor público precisa olhar o final da sua inscrição para saber quando vai receber. A partir de desta sexta-feira (28), o dinheiro é liberado para quem tem o final 0. Vale lembrar que os servidores sacam a grana no Banco do Brasil.

Além de ter recebido, em média R$ 1.760 por mês com carteira assinada, é necessário ter exercido atividade remunerada durante, ao menos 30 dias em 2016. É necessário ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Rais (Relação Anual de Informações Sociais).

ATRASADOS / Nesta quinta, o governo reabre os saques do ano-base 2015. Com isso, os trabalhadores que não sacaram o abono até 30 de junho deste ano, terão nova oportunidade para sacar o benefício. O valor estará disponível para saque de 27 de julho a 28 de dezembro de 2017. Ao todo, mais de 1,5 milhões de pessoas não pegaram a grana em todo o país. Em SP, são 455 mil que terão nova chance.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *