Donos criam ensaio tocante para contar a história de seu cachorro duas vezes rejeitado por famílias

Uma comovente história.

Nós amamos vira-latas. Mas o cãozinho mestiço Antonin teve que aprender da pior forma que nem todo mundo pensa da mesma maneira. Só depois de ser rejeitado por duas famílias é que ele finalmente encontrou um lar para chamar de seu, onde vive há 10 anos com seus donos, que amam cada uma de suas imperfeições.

A primeira família conviveu com Antonin por cinco anos, até decidir que já não o queria mais e deixá-lo em um abrigo de animais. Não demorou para que ele encontrasse um segundo lar, onde permaneceu por apenas dois meses até ser novamente abandonado – desta vez na rua. Por sorte, a equipe do abrigo onde o cãozinho vivia o encontrou perambulando por aí e levou ele de volta em busca de uma família que o amasse de verdade.

Quando a fotógrafa checa Metteorwa Zvaná Čá o adotou há 10 anos, o cachorro nunca havia brincado com algum brinquedo canino e sequer sabia sentar – muitos dos problemas causados pela adoção irresponsável de suas outras famílias. Com o tempo, Antonin aprendeu até mesmo a passear sem a coleira, mas nunca conseguiu socializar com outros animais normalmente, sendo bastante agressivo com outros cães. Ainda hoje, mesmo depois do amor recebido ao longo da última década, a agressividade e os traumas estão presentes.

Para celebrar o amor e contar um pouco de sua história, Matteorwa criou um lindo ensaio fotográfico, em que mostra como é a rotina de seu melhor amigo. Vem ver – e se apaixonar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *