Câmara só deve votar concessões em outubro

07-06-2014- Brasil - São Paulo - Campo de futebol do Estádio do Pacaembu em São Paulo. Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
A Câmara Municipal não atendeu ao apelo do prefeito João Doria (PSDB) e deve deixar, somente para outubro, a segunda votação do pacote de concessão à iniciativa privada de equipamentos municipais. O prefeito queria que a votação fosse neste mês.
A prefeitura pretende privatizar parques, cemitérios, planetários, mercados e o Bilhete Único. Um projeto separado trata da concessão do estádio Pacaembu.
O atraso na votação ocorreu por causa de novas audiências públicas que estão sendo requisitadas pelos próprios vereadores. Segundo a Comissão de Política Urbana da Casa, novos debates devem ocorrer entre os dias 9 de agosto e 5 de outubro.
Os encontros foram pedidos pelo presidente da comissão, o vereador Souza Santos (PRB), que se diz favorável à linha adotada por Doria, mas cobra maior protagonismo da Câmara na tramitação dos projetos.
Souza Santos faz parte de um bloco de 17 parlamentares da base aliada que, em alguns casos, vota contra o prefeito.
O cronograma costurado entre Doria e o presidente da Câmara, Milton Leite (DEM), irritou vários parlamentares. A pressa com o polêmico projeto de privatizações tem enfrentado rejeição até mesmo de vereadores do PSDB. Eles justificam que o debate com a população deve ser ampliado, antes de tomar qualquer decisão.
Procurada, a prefeitura não se pronunciou sobre o impasse. Já o líder do governo na Câmara, o vereador Aurélio Nomura (PSDB), afirmou que não há atraso. “Regimentalmente nós já cumprimos todos os requisitos. Isso não quer dizer que é obrigado a cumprir todos os pedidos de audiência pública”, completou.
Complexo Pacaembu
No caso do Pacaembu, parelelo à tramitação na Câmara, está em andamento um chamamento público, em que cinco empresas já demonstraram interesse em passar a administrar o local. Ontem, Doria afirmou que as empresas não devem olhar somente para a recuperação do estádio, mas de todo complexo esportivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *