Benefícios medicinais da Carambola

Os benefícios medicinais da Carambola são acentuados no aspecto nutricional. Entre as frutas tropicais exóticas, é a que possui menor quantidade de calorias.

A cada 100, a contagem de calorias não ultrapassa 31 gramas. Com seu formato interessante, que lembra uma estrela quando cortada em sanções transversais, tem sua origem na Malásia. Pode ter um sabor adocicado, mas também ácido, um pouco azedo, conforme sua concentração de ácido oxálico. Independente de suas características como fruta, é excelente fonte de fibras e de antioxidantes.

Uma garantia de bem-estar

A carambola contém uma lista impressionante de antioxidantes, nutrientes essenciais e vitaminas. Casca e polpa são ricas em fibra dietética. Sua função direta é evitar a absorção do colesterol ruim pelo intestino. As fibras também protegem a membrana mucosa do cólon, formando uma espécie de parede contra as substâncias tóxicas.

Outro nutriente que ganha destaque é a Vitamina C. Tida como um dos antioxidantes mais poderosos, deixa o organismo resistente contra a ação de agentes que causam infecções. Esta vitamina também impede que a inflamação se propague, e pode ser comparada com uma vassoura, que varre para fora do corpo os radicais livres que oxidam nossas células. Por cada 100 gramas desta fruta, há o fornecimento de 34,7 miligramas de Vitamina C, cerca de 57% da necessidade diária.

Um dos grandes benefícios da carambola é que concentra os principais antioxidantes destinados a proteger a célula do ataque dos radicais livres. Trata-se dos fito nutrientes poli fenóis, como a quercetina, o ácido gálico e a epicatequina. Quando abundantes no organismo, literalmente repelem as toxinas. Uma carambola de tamanho médio praticamente fornece a quantidade que se precisa todos os dias destes fito nutrientes, cerca de 150 miligramas.

Esta é, ainda, uma boa fonte de vitaminas do Complexo B, em especial da riboflavina, dos folatos, e da piridoxina, a B6. Quando estão juntas, trabalham no sentido de impulsionar as enzimas do metabolismo. Levam o corpo a ter maior poder de sintetização os nutrientes que recebe.

Além disso, aqueles que precisam aumentar a produção de urina têm nesta fruta uma excelente opção como diurético natural. Comê-la numa base regular suprime problemas com a tosse e com a formação de muco no aparato respiratório. E se preferir, em vez de comer a fruta, beba o suco, além de refrescante e saboroso, este é um verdadeiro escudo protetor para o seu corpo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *