Ações da Oi operam em alta nesta quarta após tombo na véspera

Papéis caíram mais de 18% na terça e foram retirados de índices da bolsa.
Ações da empresa sofrem efeitos do anúncio de recuperação judicial.

Após forte tombo na véspera, as ações da Oi na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) operam em alta nesta quarta-feira (22). Neste pregão, as ações são negociadas normalmente, após chegarem a ter as negociações suspensas no dia anterior por causa do anúncio de pedido de recuperação judicial.

Perto das 11h, as ações preferenciais da empresa subiam 11,11%, a R$ 0,90. Esses papéis dão acionista preferência na distribuição de dividendos. Já as ações ordinárias, que dão direito a voto em assembleias da empresa, subiam 4,35%, a R$ 1,20.

As ações da Oi, que não fazem parte do Ibovespa, fecharam em forte queda na terça-feira (21), após a empresa anunciar na véspera que entrou com pedido de recuperação judicial. Os papéis preferenciais recuaram 18,18% e os ordinários caíram 8,73%.

Durante o dia, a queda das ações da empresa chegou a 30%. As negociações chegaram a ser suspensas no começo do pregão, e durante os negócios foram anunciados diversos leilões dos papéis após forte oscilação nos preços. No ano, as ações acumulam queda de mais de 50%.

Índices da bolsa

No final do pregão desta terça, os papéis da Oi foram retirados dos índices de ações da Bovespa. Isso acontece por causa do pedido de recuperação judicial, conforme as regras da bolsa. A retirada, no entanto, não significa que as ações deixaram de ser negociadas na bolsa.

A Oi não faz parte do Ibovespa, o principal índice da bolsa. As ações da Oi fazem parte dos seguintes índices: Índice Brasil Amplo BM&FBOVESPA (IBrA), Índice Brasil 100 (IBrX 100), Índice de Governança Corporativa Trade (IGCT), Índice de Ações com Governança Corporativa Diferenciada (IGC), Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), Índice Small Cap (SMLL).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *